PICANHAHoje em dia o fato de ser vegetariano é algo bastante comum, mas há alguns anos atrás, quando um colega da nossa equipe chegou uma segunda feira e declarou que tinha tomado a decisão e ser vegetariano foi algo inusitado e curioso acrescido de que ele era um grande apreciador de carne. Logo o fato se tornou o assunto do dia, eram piadas, perguntas e provocações que apesar de incomodas não o demoveram do propósito de ter uma alimentação mais saudável. Com o seguir dos dias os comentários diminuíram, mas não a determinação deste nosso colega que deixou de comer no refeitório e trazia sua própria comida. Estava até com acompanhamento médico.

Já tinham se passado 3 semanas, o assunto tinha caído na rotina quando tivemos que trabalhar num sábado. A equipe teria que fazer uma implantação e precisaríamos que o sistema estivesse indisponível para os usuários. E o que trabalhar num sábado influencia em ser vegetariano? Calma, já explico. Sempre que trabalhávamos em dias fora do expediente normal íamos almoçar num restaurante das redondezas já que o refeitório não funcionava e sempre escolhíamos uma churrascaria famosa da região. Claro que todo mundo estava na expectativa desse momento para ver o que nosso colega novo vegetariano iria fazer, como se comportaria frente à perspectiva de ficar frente a frente com um belo espeto de picanha mal passada. Ele sempre tinha sido o maior incentivador da ida na churrascaria.

Num primeiro momento ele recusou ir com a turma. Previdente, tinha trazido seus legumes e folhas. Mas começou um jogo, nós de um lado o provocando e ele resistindo. E ficou aquela guerrinha, vem fica só fazendo companhia, vem come só a salada e todos os argumentos possíveis para que ele viesse. Intimamente todos queríamos e torcíamos para que ele não resistisse à tentação e desistisse do seu intento de uma comida mais saudável. Uma luta perversa, 4 contra um. O prazer a custo prazo contra o sacrifício de momento para o prazer futuro! Como era de se esperar ele foi junto na churrascaria e claro não resistiu a comer só a salada, se encheu de comer carne. E claro, passou mal teve que ir ao pronto socorro, levou uma bronca do médico por depois e 3 semanas de alimentação leve, sobrecarregou seu estomago a um exagero.

Bom, a nossa maldade se revelou na satisfação e gozação que fizemos com ele. A comodidade e a passividade na busca de objetivos tinha ganho da vontade, provámos para nós mesmos que não adianta, o bom mesmo é ficar na massa, não se consegue melhorar nem atingir objetivos tão facilmente, viu fica na tua quieto como você está nos disse a nossa voz interna.

Uma das características empreendedoras dentro as 10 catalogadas e trabalhadas pela ONU e aqui no Brasil pelo Sebrae, e no grupo do Poder Pessoal, é a característica de “Independência e autoconfiança”. Tendo como comportamento prático de “Manter suas decisões, mesmo quando outras pessoas se opõem, diante de resultados desanimadores”.

Então já sabemos, se queremos ser vegetarianos, devemos manter nossa decisão e não cair na tentação de ir na churrascaria, a mesmo que sua certeza seja forte nos seus objetivos.

Share Button

Comments are closed.

Site artístico:

Nico Moreira

support