Fotografia

Em 2000 se materializou, através de uma exposição formal, uma paixão de muitos anos. Paixão que começou brincando com meus pais no laboratório caseiro que eles tinham lá pelos meus 5/6 anos. A partir daí essa paixão se alimentava ao apreciar em segredo as fotos do típico e castiço fotografo de Benguela, a minha cidade natal, o famoso e popular Luiz de Camões. Mas essa história merece mais espaço e atenção que reservo para outra oportunidade.

Desde a compra da minha primeira câmera uma Pentax Spotmatic F em 1976 até à primeira exposição não fiquei parado na fotografia, foram alguns prêmios, participações em salões de arte de Curitiba e também ministrando alguns cursos na Phox Academia de fotografia de Curitiba. Mas as expressões maiores foram as exposições que vão a seguir.

Espero que apreciem.

“OLHOS DA CIDADE, CAMINHOS DA ALMA”

Uma viagem ao fundo da minha alma. A primeira exposição pública individual.

“FRAGMENTOS DE TEMPO”

Um ensaio em p&b sobre detalhes.